Trabalhos Disponíveis

TRABALHO Ações
PRODUÇÃO DE MUDAS DE IPÊ AMARELO EM FUNÇÃO DE SUBSTRATOS E MATERIAIS REFLETORES SOBRE BANCADAS
Curso Mestrado em Agronomia
Tipo Dissertação
Data 19/02/2018
Área MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO
Orientador(es)
  • ALEXSANDER SELEGUINI
Orientando(s)
  • RITA DE CÁSSIA MARIANO DE PAULA
Banca
  • ALEXSANDER SELEGUINI
  • ELIANA DUARTE CARDOSO
  • SEBASTIÃO FERREIRA DE LIMA
Resumo As diversas utilidades do ipê amarelo (Handroanthus chrysotrichus) fazem com que aumente a procura por mudas desta espécie, para plantios florestais ou paisagísticos. Objetivou-se avaliar os efeitos da utilização de substratos e materiais refletores sobre o crescimento e qualidade de mudas de ipê amarelo, pelo qual foram avaliados quatro tipos de substratos que tiveram em sua composição diferentes proporções de esterco bovino, solo, vermiculita e areia, e cinco materiais refletores que foram testados com o intuito de se obter maior aproveitamento da radiação fotos sinteticamente ativa, através da reflexão dos materiais sobre as bancadas. Instalados na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Cassilândia, os experimentos foram conduzidos em ambiente protegido, do tipo telado agrícola, de estrutura de madeira, possuindo 6,00 m de largura por 6,00 m de comprimento e 2,50 m de altura, fechamento em 90º de inclinação, com tela de monofilamento em toda sua extensão, malha com 35% de sombreamento, onde as bancadas de madeira foram cobertas por papel alumínio, bandeja aluminizada, tecido na cor prata e espelhos. Foram avaliados quatro substratos formulados por diferentes proporções de esterco, solo, areia e vermiculita. O delineamento foi inteiramente casualizado, com quatro repetições. Foram avaliados índice de velocidade de emergência, porcentagem de emergência, altura, diâmetro do colo, comprimento de raiz, relação altura por diâmetro, relação massa seca aérea e radicular, índice SPAD e índice de qualidade de Dickson. Por não haver repetições dos materiais, os dados foram avaliados através da análise de grupos experimentais, e agrupados pelo teste Scott-Knott. Recomenda-se para a produção de mudas de ipê-amarelo substrato contendo 15% de esterco bovino e utilização de papel alumínio ou bandeja aluminizada ou tecido sobre a bancada, pois possibilitaram maior crescimento desenvolvimento das mudas.
Download
Inoculação das sementes de soja com rizobactérias para amenizar os efeitos adversos da deficiência hídrica
Curso Mestrado em Agronomia
Tipo Dissertação
Data 12/02/2018
Área MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO
Orientador(es)
  • FÁBIO STEINER
Orientando(s)
  • ELIJANARA RAISSA DA SILVA
Banca
  • Alan Mario Zuffo
  • FÁBIO STEINER
  • ILCA PUERTAS DE FREITAS E SILVA
  • TIAGO ZOZ
Resumo O Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de soja do mundo, no entanto, apesar desse cenário favorável a ocorrência de deficiência hídrica ainda é um fator de risco e de insucesso no cultivo. O uso de rizobactérias podem atenuar os efeitos prejudiciais da deficiência hídrica no crescimento das plantas. O presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da inoculação das sementes com Bradyrhizobium japonicum e Azospirillum brasilense de forma isolada ou combinada no crescimento e na indução da tolerância das plantas de soja submetidas a diferentes níveis de deficiência hídrica. As plantas foram cultivadas em vasos plásticos de 12 L preenchidos com solo arenoso e mantidas em casa-de-vegetação climatizada a 26º C (±2º C). O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso em esquema fatorial 3 × 4 com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos de três níveis de regime hídrico [100% da capacidade de retenção de água do solo (controle), 50% do controle (estresse moderado) e 25% do controle (estresse severo)] e de quatro tratamentos de inoculação das sementes: i) controle (sem inoculação); ii) inoculação com Bradyrhizobium japonicum; iii) inoculação com Azospirillum brasilense; e, iv) coinoculação com B. japonicum + A. brasilense. Durante a restrição hídrica foram mensurados o conteúdo relativo de água das folhas e a tolerância protoplasmática. Após o período de restrição hídrica foram determinadas as variáveis de nodulação (número de nódulos e biomassa seca de nódulos), crescimento (altura de planta, diâmetro do caule, número de folhas, número de vagens, área foliar e volume radicular), e produção de biomassa seca (folhas, vagens, caule, raízes, parte aérea e biomassa seca total). Os resultados evidenciaram que a inoculação isolada de A. brasiliense não aliviou os efeitos negativos da deficiência hídrica. A inoculação das sementes de soja com B. japonicum e A. brasiliense de forma isolada ou combinada não interferiu no CRA das plantas de soja sob condições de deficiência hídrica. A inoculação com B. japonicum se mostrou eficiente para a altura de plantas, número de vagens e biomassa seca das vagens, enquanto que em condições de deficiência hídrica moderada a inoculação com B. japonicum se mostrou eficiente para a nodulação em plantas de soja.
Download
DINAMIZAÇÃO DO PROCESSO DE DESFAZIMENTO E BAIXA PATRIMONIAL NO ÂMBIT CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE MATO GROSSO DO SUL
Curso Especialização em Ciências Policiais e Gestão em Segurança Pública
Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
Data 02/02/2018
Área ADMINISTRAÇÃO
Orientador(es)
  • JOAQUIM CARLOS KLEIN DE ALENCAR
Orientando(s)
  • Silvio Romero Benites
Banca
  • AIRTON PINTO DE MOURA
  • JOAQUIM CARLOS KLEIN DE ALENCAR
  • WAGNER ANTONIO BATISTA DUPIN
Resumo Este artigo apresenta um estudo sobre o processo de desfazimento de bens móveis inservíveis do patrimônio público, alinhados aos princípios constitucionais vigentes.  Tem por objetivo apresentar uma proposta para promover de forma adequada o desfazimento definitivo de bens inservíveis que ainda estão sob guarda e controle patrimonial do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul. A metodologia adotada é pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória. Os resultados alcançados, apresenta uma proposta que inclui o instituto do abandono para de fato alcançar o objetivo central, considerando a necessidade de renunciar em definitivo todo material inservível, embora possuam partes economicamente aproveitáveis, considerando que raríssimas vezes podem representar lucros, se realizado seu desfazimento através de leilões.
Download
    CONDICIONAMENTO FÍSICO PARA BOMBEIROS
    Curso Especialização em Ciências Policiais e Gestão em Segurança Pública
    Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
    Data 02/02/2018
    Área ADMINISTRAÇÃO
    Orientador(es)
    • ROGERIO TURELLA
    Orientando(s)
    • Ivanildo da Silva Barros
    Banca
    • HUESLEY PAULO DA SILVA
    • JOAQUIM CARLOS KLEIN DE ALENCAR
    • ROGERIO TURELLA
    Resumo Este trabalho deverá refletir a necessidade de os militares pertencentes ao Corpo de Bombeiros em ter uma academia de ginastica e musculação para realizarem seus treinamentos para manutenção do condicionamento físico, bem como a celebração de parceria com a CASSEMS, que é o plano de saúde mais utilizado dentro da instituição. O problema de pesquisa proposto foi o que o DGTAF CBM-MS, 2004 revela a necessidade de assegurar e proporcionar o vigor físico do efetivo que tanto utiliza sua capacidade física nos atendimentos das ocorrências. A discussão teórica envolveu autores como Kohl (2016) e documentos como DGTAF (2004), NATAF (2004). O método será o dedutivo, partindo das premissas e da exigência de um condicionamento físico para um bem-estar geral. O elemento dessa pesquisa é o 6ºGBM/CBM-MS, sendo que se usará a pesquisa de campo como procedimento parcial, ainda pesquisa bibliográfica e pesquisas na rede mundial de computadores para levantamento e análise de assuntos relacionados com o tema proposto já produzido, buscando informação e adquirindo conhecimento sobre o tema apresentado. Utilizaremos pesquisas realizadas, organizadas, com proposta de apresentar como ter profissionais melhores capacitados fisicamente.
    Download
      AUTONOMIA DE DOTAÇÃO ORÇAMENTARIA E INVESTIMENTOS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL
      Curso Especialização em Ciências Policiais e Gestão em Segurança Pública
      Tipo Trabalho de Conclusão de Curso
      Data 02/02/2018
      Área ADMINISTRAÇÃO
      Orientador(es)
      • AIRTON PINTO DE MOURA
      Orientando(s)
      • Valmir Gomes dos Santos
      Banca
      • AIRTON PINTO DE MOURA
      • ROGERIO TURELLA
      • Wagner A. Batista Dupin
      Resumo A administração pública requer cuidados de alinhamento entre o planejamento e o orçamento, de forma a garantir uma administração eficaz, respeitando os preceitos morais e, principalmente, assegurando a utilização correta dos recursos arrecadados e disponibilizados para o atendimento dos serviços públicos. Neste sentido, o Plano Plurianual, a Lei de Diretrizes Orçamentárias e a Lei do Orçamento Anual são regidos por normativas que visam assegurar a projeção de metas e ações a serem executadas pela administração pública, atendendo às necessidades sociais locais, respeitando os princípios de transparência pública e a Lei de Responsabilidade Fiscal. Neste cenário, e diante do processo administrativo que envolve o Corpo de Bombeiros Militar, percebe-se pela Constituição Federal que está diretamente associada à administração da Segurança Pública e, portanto, a administração do Corpo de Bombeiros faz parte da responsabilidade orçamentaria da Secretaria de Segurança Pública. É importante salientar que, em diversos Estados Brasileiros, a descentralização dos serviços prestados pelo Corpo de Bombeiros Militar já se encontra dissociada da Polícia Militar; contudo, a administração orçamentária ainda se encontra sob a responsabilidade da Secretaria de Segurança Pública. Sob este enfoque, o presente trabalho tem por objetivo apresentar alguns pontos de discussão que visam elucidar a importância da autonomia orçamentária do Corpo de Bombeiros Militar, como no caso do Estado de Mato Grosso do Sul (MS), da administração da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP). Metodologicamente, o presente trabalho se apresenta como produto de uma pesquisa bibliográfica documental estruturada.
      Download
        MUDAS DE PORTA-ENXERTO DE SERINGUEIRA EM AMBIENTES PROTEGIDOS E SUBSTRATOS ALTERNATIVOS
        Curso Mestrado em Agronomia
        Tipo Dissertação
        Data 20/12/2017
        Área MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO
        Orientador(es)
        • EDILSON COSTA
        Orientando(s)
        • ABIMAEL GOMES DA SILVA
        Banca
        • EDILSON COSTA
        • FLAVIO FERREIRA DA SILVA BINOTTI
        • FLAVIO HIROSHI KANEKO
        Resumo Diversas estratégias são utilizadas na heveicultura para maximizar a produção, dentre elas a escolha de clones adaptados e o manejo adequado das mudas. A expansão da heveicultura tem aumentado a exigência de mudas com elevada qualidade para a produção de porta-enxerto. A presente dissertação é composta por dois capítulos. O capítulo 1: considerações gerais, há uma breve revisão de literatura, onde são abordados os seguintes tópicos: aspectos gerais sobre a seringueira; a semente de hevea: considerações gerais; a produção de mudas de seringueira; o uso de substratos na produção de mudas seringueiras; o uso de ambiente na produção de mudas florestais. No capítulo 2 se refere ao experimento conduzido na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Cassilândia (UUC), no período de fevereiro a novembro de 2016, com o objetivo foi avaliar a qualidade das mudas de Hevea brasiliensis, clone GT1, produzidas em diferentes ambientes e substratos. O experimento foi conduzido na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Cassilândia - MS. Utilizou o delineamento experimental inteiramente causalizado com 5 repetições de 4 mudas. Os tratamentos foram constituídos de 13 diferentes substratos confeccionados por combinações de proporções de esterco bovino, solo de barranco, vermiculita média, vermiculita superfina e areia fina lavada; conduzidos em dois ambientes: estufa com tela de 50% de sombreamento e telado agrícola com malha de Sombrite® de 50% de sombreamento. Os dados foram avaliados pela análise conjunta dos experimentos com o software Sisvar. Para verificação do ambiente de cultivo mais adequado utilizou-se o teste t e para análise estatística do substrato foi utilizado o teste Scott-Knott, ambos a 5% de probabilidade. Aos 280 dias após a semeadura avaliou-se a massa seca (do sistema radicular, da parte aérea e total), altura da parte aérea, diâmetro do colo, diâmetro a cinco centímetros do solo e os índices de qualidade de mudas. Indicam-se os substratos S9 e S13, com baixa qualidade de esterco e areia, e elevada quantidade de vermiculita para a produção de mudas de seringueira. A estufa agrícola, com maior disponibilidade de radiação, foi adequada ao desenvolvimento de mudas de seringueira com qualidade elevada.
        Download
        EDUCAÇÃO DO CAMPO E EDUCAÇÃO DE TEMPO INTEGRAL NAS ESCOLAS MUNICIPAIS RURAIS DE EDUCAÇÃO INTEGRAL MONTE AZUL E EUTRÓPICA GOMES PEDROSO, CORUMBÁ-MS
        Curso Mestrado em Educação
        Tipo Dissertação
        Data 07/12/2017
        Área EDUCAÇÃO
        Orientador(es)
        • KÁTIA CRISTINA NASCIMENTO FIGUEIRA
        Orientando(s)
        • ROSA MARIA DA SILVA
        Banca
        • KÁTIA CRISTINA NASCIMENTO FIGUEIRA
        • NEDINA ROSELI MARTINS STEIN
        • ODIMAR JOÃO PERIPOLI
        Resumo
        Download
          A CONTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA A EDUCAÇÃO ALIMENTAR: UMA ABORDAGEM PARA O 1º ANO DO ENSINO MÉDIO
          Curso Mestrado em Educação
          Tipo Dissertação
          Data 27/11/2017
          Área EDUCAÇÃO
          Orientador(es)
          • ROBERTO ORTIZ PAIXÃO
          Orientando(s)
          • GISELE FERREIRA DA SILVA DE OLIVEIRA
          Banca
          • DORA DE ANDRADE SILVA
          • MARIA HELENA DA SILVA ANDRADE
          • ROBERTO ORTIZ PAIXÃO
          • WALTER GUEDES DA SILVA
          Resumo
          Download
            Página 32 de 32 (8 de 628 registros).