Trabalhos Disponíveis

TRABALHO Ações
ATRIBUTOS QUÍMICOS E ESTOQUE DE CARBONO TOTAL NOS COMPARTIMENTOS DA MATÉRIA ORGÂNICA DO SOLO EM SISTEMA SILVIPASTORIL
Curso Mestrado em Agronomia
Tipo Dissertação
Data 01/02/2019
Área MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO
Orientador(es)
  • SIMONE CANDIDO ENSINAS MAEKAWA
Orientando(s)
  • JEFFERSON ROGÉRIO MARQUES DA SILVA
Banca
  • ALAN MARIO ZUFFO
  • GISELLE FELICIANI BARBOSA
  • SIMONE CANDIDO ENSINAS MAEKAWA
Resumo Umas das modalidades de sistemas que possibilita o uso da terra para aumentar a eficiência e produtividade de forma sustentável é o integração silvipastoril. Esse sistema é um sistema
conservacionista que proporciona proteção para o solo, podendo ser utilizado para recuperação de áreas degradadas e pode proporcionar melhorias nos atributos químicos do
solo e estoques de carbono em relação aos sistemas convencionais. Diante disso, o trabalho
teve como objetivo geral avaliar os atributos químicos do solo, estoques de carbono orgânico total e os compartimentos da matéria orgânica do solo em sistema silvipastoril (SP) com diferentes pontos de amostragem de solo e compará-lo com sistema de pastagem
convencional (PC) e área de vegetação nativa de cerrado (VN) afim de avaliar se a distância
das coletas de solo no SP é afetada. O presente trabalho foi realizado no ano 2017 em uma
propriedade localizada no município de Bandeirantes, Mato Grosso do Sul. Os tratamentos
foram representados por quatro pontos de coletas das amostras de solo no SP: 2,5, 5,0, 7,5 e
10 m de distância da linha externa de plantio do eucalipto, pela PC e VN, todos localizado na
mesma propriedade, o sistema silvipastoril e a pastagem convencional foram implantados em 2015 com a forragem de Urochloa brizantha cv. BRS Marandu, mesmos período de
formação, manejo de pastagens e taxa de lotação, porém, com ausência do componente
arbóreo. O SP, PC e VN foram divididos em quatro subáreas de 30 ha que corresponderam às
repetições. Para cada subárea foram coletadas amostras de solo nas camadas de 0-10, 10-20 e 20-30 cm, sendo 48 amostra no SP, 12 na PC e 12 na VN, totalizando 72 amostras, para determinação dos atributos químicos (pH (CaCl 2 ), Al 3+ , H+Al, K + e P) do solo, carbono orgânico total (COT), carbono orgânica associado aos minerais (COam), carbono orgânico partícula do (COp), carbono lábil (CL) e carbono nas frações das substâncias húmicas do solo. Os resultados foram submetidos à análise de variância e quando significativo, as médias dos tratamentos foram agrupadas pelo teste de Scott-Knott (p≤0,05). Para a acidez ativa (pH) os maiores valores foram encontrados na PC e no SP nas distâncias de 2,5 e 10,0 metros (SP-2,5 e SP-10,0 m). Para o atributo acidez potencial (H+Al), nas três camadas, a VN obteve maiores valores. Já os teores de alumínio (Al 3+ ), os maiores valores na camada 0-10 cm foram constatados no SP de 5,0 e 7,5 m (SP-5,0) (0,48 cmol c dm -3 ) e SP-7,5 (0,50 cmol c dm -3 ), na camada de 10-20 cm, VN (0,55 cmol c dm -3 ) e o SP-7,5 (0,58 cmol c dm -3 ) e para a camada de 20-30 cm, VN (0,55 cmol c dm -3 ), PC (0,45 cmol c dm -3 ), no SP-5,0 (0,48 cmol c dm -3 ) e SP-7,5 (0,63 cmol c dm -3 ). Os maiores valores de fósforo nas camadas 0-10 e 10-20 foram encontrados no SP-2,5 (6,05 mg dm -3 ), e na camada 20-30 cm o maior valor também foi verificado no SP-2,5 (6,13 mg dm -3 ) e SP-7,5 (5,75 mg dm -3 ). Para COT, COam e COp os melhores valores foram encontrados na VN na camada de 0-10 cm, já na camada 10-20 cm a VN obteve os maiores valores apenas para COT e COam e os sistemas silvipastoris em todas as distâncias avaliadas obteve os melhores valores para COp. Para somatória das substâncias húmicas (SHs) e carbono na fração ácido fúlvico (C-AF) a VN obteve os melhores valores para todas camadas estudadas. Para os atributos químicos do solo o gradiente de distância das árvores influenciou, de modo que, a menor acidificação do solo foi verificada no sistema silvipastoril a 2,5 e 10 m de distância das árvores. Para o fósforo, o sistema silvipastoril a 2,5 m de distância das árvores apresentou maior teor deste nutriente na camada de 20-30 cm e para o K até a profundidade de 20 cm. O solo sob a PC apresentou os índices mais baixos de estoques de carbono lábil e índice de manejo de carbono (IMC). No SP, foi analisado um acréscimo no estoque de carbono provando que o sistema mesmo em período inicial de implantação tem a capacidade de aumentar ou manter os estoques de carbono orgânico.
Download
Imigração japonesa e alfabetização de crianças na história de vida da professora Anna Michi Ono (Pereira Barreto/SP. 1957-1967)
Curso Mestrado em Educação
Tipo Dissertação
Data 31/01/2019
Área EDUCAÇÃO
Orientador(es)
  • ESTELA NATALINA MANTOVANI BERTOLETTI
Orientando(s)
  • LUCI PANUCCI
Banca
  • ADEMILSON BATISTA PAES
  • ESTELA NATALINA MANTOVANI BERTOLETTI
  • THAISE DA SILVA
Resumo Nesta dissertação, apresentam-se resultados finais de pesquisa de Mestrado em Educação desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), na linha de pesquisa “História, Sociedade e Educação”, vinculada ao Grupo de Estudos e Pesquisas em História e Historiografia da Educação Brasileira. Com objetivo de contribuir para a produção de uma história da educação, a partir do registro da história de vida da professora alfabetizadora Anna Michi Ono, no contexto da imigração japonesa para o Brasil, destacou-se seu papel e sua contribuição na alfabetização de crianças falantes do idioma japonês, na cidade de Pereira Barreto no estado de São Paulo, entre 1957 e 1967, a partir da metodologia da História Oral, mais especialmente no gênero história de vida, bem como da pesquisa bibliográfica e documental. Nesse sentido, foram transcritos 540 minutos de entrevistas gravadas, cuja operação historiográfica deu-se pela mobilização das fontes orais produzidas e pela seleção de fontes escritas e iconográficas, localizadas no arquivo pessoal da professora. Dentre os resultados alcançados, pode-se contemplar as diferentes fases da formação docente, sua história como alfabetizadora e os materiais escolares empregados em sua ação pedagógica no período de 1957 a 1967, permeada pela ascendência da imigração japonesa no Brasil, assim como pelo papel da igreja anglicana no Japão e no município de Pereira Barreto. Assim, foi retomando o contexto histórico sobre a chegada da imigração japonesa no município pesquisado, a constituição da missão anglicana no estado de São Paulo e posteriormente em Pereira Barreto que a investigação sobre a alfabetização de crianças filhas de imigrantes japoneses, que falavam a língua japonesa no seio social e familiar, foi empreendida neste trabalho. Sobre isso, conclui-se que a professora Anna Michi Ono alfabetizou com sucesso tais crianças, haja vista o acréscimo de alunos a cada ano, dentro do período investigado, a não evasão e a não repetência; também que o método da cartilha adotada, Cartilha Sodré, embora circunscrito aos de marcha analítica, não era a preocupação premente da professora que educava pela música e pela relação oralidade/escrita; e ainda que a leitura do mundo precedia, nas práticas da professora, a leitura da palavra, graças à forte influência de Paulo Freire em sua atuação, à revelia do período ditatorial vivenciado em sua história de vida.
Download
LEITURA LITERÁRIA E A FORMAÇÃO DO LEITOR: OS "CONTOS DE MISTÉRIO" NO MATERIAL DIDÁTICO DE PROGRAMA "LER E ESCREVER"
Curso Mestrado em Educação
Tipo Dissertação
Data 31/01/2019
Área EDUCAÇÃO
Orientador(es)
  • JOSÉ ANTONIO DE SOUZA
Orientando(s)
  • VALNICE FERREIRA DE LIMA COSTA
Banca
  • JOSÉ ANTONIO DE SOUZA
  • MILKA HELENA CARRILHO SLAVEZ
  • THAISE DA SILVA
Resumo Nesta dissertação, são apresentados resultados finais da pesquisa de Mestrado em Educação desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Paranaíba, vinculada à linha de pesquisa “Linguagem, Educação e Cultura” e ao Grupo de Estudos e Pesquisas em Práxis Educacional (GEPPE). Com o objetivo de contribuir para a reflexão sobre a alfabetização no cenário brasileiro, mais especificamente no Estado de São Paulo, e repensar as práticas pedagógicas que possam contribuir para o desenvolvimento das competências leitora e escritora, é apresentado e analisado o “Projeto Contos de Mistério”, presente no material do “Programa Ler e Escrever”, do 5º ano do Ensino Fundamental, conteúdo da disciplina de Língua Portuguesa, em uma escola da rede municipal de Ensino Fundamental da cidade de Ilha Solteira/SP. As reformas educacionais dos anos de 1990 regulamentaram parâmetros e diretrizes gerais, por meio da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB, de 1996, para que fossem desenvolvidos na forma de currículos pelos sistemas de ensino em todo o país. No Estado de São Paulo, definiu-se um currículo mínimo e comum a todas as escolas paulistas, o que se deu de forma explícita para o segmento da educação básica do primeiro ao quinto ano, por meio da estruturação do “Programa Ler e Escrever”, a partir do ano de 2007. Na primeira parte do trabalho são discutidos os conceitos de alfabetização e letramento, bem como as implicações para as práticas de leitura e produção escrita na escola. Na segunda parte, é feita a contextualização dos antecedentes do programa, desde o período das reformas educacionais, contemplando reflexões que ecoam sobre o trabalho docente que envolve a leitura e a contribuição dos gêneros literários para a alfabetização. No terceiro capítulo procede-se à análise das atividades presentes no material do professor e do aluno, a partir do gênero discursivo “conto de mistério”. A metodologia utilizada foi a pesquisa documental e bibliográfica, ancorada em teóricos como Dolz e Schneuwly (2004), Geraldi (2006), Bronckart (2009), Cosson (2014), Kleiman (2013), entre outros. Concluímos que o Projeto “Contos de Mistério” segue os mesmos pressupostos descritos pelos teóricos citados, quando os mesmos tratam do trabalho em sala de aula, por intermédio de projetos. O projeto se estrutura em torno da leitura, seja ela coletiva, compartilhada ou individual, e na produção de texto com destino predeterminado, favorecendo, assim, a formação de leitor.
Download
O processo de construção da identidade de professores atuantes no instituto federal de educação
Curso Mestrado em Educação
Tipo Dissertação
Data 30/01/2019
Área EDUCAÇÃO
Orientador(es)
  • MILKA HELENA CARRILHO SLAVEZ
Orientando(s)
  • ARLINDO ALVES DA COSTA
Banca
  • ANDREIA NUNES MILITÃO
  • Elaine Gomes Matheus Furlan
  • MILKA HELENA CARRILHO SLAVEZ
Resumo A presente dissertação tem por finalidade apresentar os resultados finais da pesquisa de Mestrado vinculada ao Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Paranaíba na linha de pesquisa Linguagem, Educação e Cultura. A pesquisa tem como objetivo compreender como se constitui a identidade profissional dos docentes atuantes no Instituto Federal de São Paulo, empregando elementos da trajetória de vida familiar e profissional, consequentemente compreendendo em quais vivências a prática profissional desses sujeitos foi e está sendo construída. Os Institutos são caracterizados pelo ensino verticalizado, oportunizando ao aluno a possibilidade de perfazer em uma única instituição seu processo formativo, do ensino médio à pós-graduação, sendo que o mesmo docente poderá lecionar em vários níveis de ensino. O quadro teórico que orientou a análise dos dados com relação a formação de identidade é composta pelas pesquisas de Berger e Luckaman (2007), assim como de Dubar (1997, 2009), sobre competências e saberes relacionados a prática docente utilizou-se os estudos de Tardif (2014). A natureza da pesquisa tem um caráter qualitativo, o trabalho de campo consistiu em entrevistas semi-estruturadas com professores, pertencentes ao quadro efetivo de servidores do Instituto Federal de São Paulo, que não possuíam licenciatura, nem tão pouco uma formação voltada para o ensino. Utilizou-se os procedimentos metodológicos que advém de Dubar (1998), nesse sentido as trajetórias individuais e sociais dos indivíduos narradas pelos próprios sujeitos da pesquisa, foram organizadas em categorias específicas para análise dos relatos biográficos. Para ampliar a compreensão dos sujeitos utilizou-se pesquisa documental, com o objetivo de contextualizar o ambiente social em que os professores estão inseridos. A pesquisa aponta que a constituição identitária do profissional docente é produto da articulação entre o processo biográfico e o processo relacional, refere-se a práticas de seus antigos professores como modelos que utilizam no cotidiano, mobilizando um amalgama de saberes construídos ao longo de sua trajetória pré-profissional (grupos familiares e escolarização) e profissional (exercício docente e não docente), legitimando suas práticas atuais, por meio de vários elementos do seu cotidiano, como a relação com outros professores ou a modalidade de ensino que lecionam.
Download
ESCRITAS DE SI E FORMAÇÕES IDENTITÁRIAS DE COORDENADORAS PEDAGÓGICAS DA REDE MUNICIPAL DE ANDRADINA: DILEMAS E DESAFIOS.
Curso Mestrado em Educação
Tipo Dissertação
Data 29/01/2019
Área EDUCAÇÃO
Orientador(es)
  • SILVANE APARECIDA DE FREITAS
Orientando(s)
  • LAURA DE CÁSSIA RIBEIRO DE LIMA
Banca
  • Celina Aparecida Garcia de Souza Nascimento
  • JOSÉ ANTONIO DE SOUZA
  • SILVANE APARECIDA DE FREITAS
Resumo Esta dissertação é resultado da pesquisa desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, vinculada à linha de pesquisa Linguagem, Educação e Cultura. O enfoque central desta investigação são reflexões sobre o fazer pedagógico das coordenadoras pedagógicas, como orientadoras de estudo e formadoras de docentes, tendo como locus de pesquisa as escolas de ensino fundamental da rede municipal de Andradina-SP. Assim, partimos da noção de escrita como prática social, articulada entre o linguístico, o histórico, o ideológico e o inconsciente, desenvolvemos uma reflexão sobre o exercício da escrita de si, que não é só um instrumento de coleta de dados, mas é também a oportunidade das coordenadoras pedagógicas se representarem, refletirem sobre si e o outro que o constitui. Temos como hipótese de pesquisa que o trabalho de formação de docentes e demais atribuições das coordenadoras no contexto escolar, garantem-lhes mais autonomia e confiança diante dos desafios e dilemas rotineiros. Assim, tivemos como objetivo geral de pesquisa analisar a constituição identitária dessas coordenadoras e que representações fazem sobre as funções que exercem. Para isso, como instrumento de coleta de dados, temos as escritas de si dessas coordenadoras, que foram coletadas via relatos escritos. Do ponto de vista teórico-metodológico, esta pesquisa situa-se sob o crivo da Análise do Discurso de linha francesa, nas discussões sobre Representações, Memória, Subjetividade, Formações Identitárias e Escritas de Si em torno dos aportes teóricos de Foucault (1997), Coracini (2003, 2007, 2010, 2011), Eni Orlandi (2001, 2002, 2007), Pêcheux (1993,1997) dentre outros. O córpus analisado trata-se de relatos sobre as trajetórias pessoais de doze coordenadoras pedagógicas municipais, por meio das escritas de si, focalizando as representações sobre suas contribuições como formadoras docentes e problematizando suas identificações por meio de suas memórias. Mediante o exposto, organizamos esta pesquisa em três capítulos. No primeiro, visando situar as condições de produção do discurso das coordenadoras, apresentamos as normatizações legais sobre o coordenador pedagógico, sinopse histórica da criação da função/cargo, descrição das escolas e o sistema de organização, assim como discorremos sobre conceitos e estrutura organizacional da Secretaria Municipal de Educação de Andradina-SP. O capítulo dois, a luz dos pressupostos teóricos da análise do discurso de linha francesa, buscamos os subsídios teóricos que direcionaram o desenvolvimento desta pesquisa, ou seja, a análise das escritas de si. No capítulo três, abordamos os caminhos metodológicos para análise dos relatos das coordenadoras, ou seja, as escritas de si, que foram agrupadas por temas, dando origem as categorias analisadas. Por fim, à guisa de conclusão, notamos que as participantes internalizam normas e se submetem a elas, muitas vezes, sem questionar; marcas do componente sociocultural, incorporadas inconscientemente, via memória discursiva ou experiências pessoais. Além disso, por meio dos dizeres, foi possível entender que os sujeitos, estão em conflito identitário, mesmo assim, conseguem deslocar-se, reelaboram seus discursos, criam um desconforto, para que, por meio da desestruturação das práticas costumeiras, possam emergir reflexões sobre a própria prática.
Download
JOVENS EM CONFLITO COM A LEI: A EDUCAÇÃO COMO MEDIDA SOCIOEDUCATIVA AOS ALUNOS EM LIBERDADE ASSISTIDA NAS INSTITUIÇÕES ESCOLARES DA CIDADE DE JALES - SP.
Curso Mestrado em Educação
Tipo Dissertação
Data 29/01/2019
Área EDUCAÇÃO
Orientador(es)
  • CARLOS EDUARDO FRANÇA
Orientando(s)
  • SIRLEI APARECIDA DE FÁTIMA ZAMBON OLIVEIRA
Banca
  • CARLOS EDUARDO FRANÇA
  • RODOLFO ARRUDA LEITE DE BARROS
  • SILVANE APARECIDA DE FREITAS
Resumo A pesquisa apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Paranaíba/MS, vinculada à linha de pesquisa “Linguagem, Educação e Sociedade”, objetiva analisar como acontece a Liberdade Assistida em escolas do município de Jales, no Estado de São Paulo. A Liberdade Assistida é uma construção jurídica aplicada como medida socioeducativa em jovens que por algum motivo tenham cometido ato infracional, por isso, trata-se de uma construção que tem por base todas as demais legislações prévias. Para tanto, traçou-se um percurso histórico-social no Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, a fim de compreender como estes sujeitos, crianças, adolescentes, passaram a ser protegidos pela referida lei. As análises tiveram ainda como foco às instituições e atores que participam desse processo de ressignificação da identidade dos jovens. A metodologia utilizada para a realização dessa pesquisa, pautou-se na revisão de literatura mediante pesquisa nos textos das leis brasileiras e respectivas interpretações, bem como pesquisa documental, além de teóricos como Freire, Abramovay e Iamamoto. Como um dos resultados encontrados, constatou-se a percepção de que os adolescentes em conflito com a lei são estigmatizados pela sociedade que encontra na punição a solução para essa situação. No entanto, essa marca de “punição” acompanha os adolescentes ao entrarem na escola, sendo essa uma das instituições mais importantes no trabalho de desconstrução da identidade infratora do adolescente e na construção de uma nova identidade social. Eis o sentido de uma medida socioeducativa.
Download
A PROPOSTA SOCIOLÓGICA DE FLORESTAN FERNANDES: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE SUAS INCIDÊNCIAS NO LIVRO DIDÁTICO SOCIOLOGIA HOJE.
Curso Mestrado em Educação
Tipo Dissertação
Data 28/01/2019
Área EDUCAÇÃO
Orientador(es)
  • CARLOS EDUARDO FRANÇA
Orientando(s)
  • ROSA EMILIA SOUZA DA SILVA SOARES
Banca
  • CARLOS EDUARDO FRANÇA
  • Fábio Lanza
  • JOSÉ ANTONIO DE SOUZA
Resumo A presente pesquisa foi apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Paranaíba, vinculada à linha de pesquisa ―Linguagem, educação e sociedade". Realizou-se uma análise das incidências da sociologia crítica proposta por Florestan Fernandes nos documentos oficiais e na produção do material didático (PNLD - Plano Nacional do Livro Didático) de Sociologia aprovado pelas instituições governamentais vinculadas ao MEC, após a reinserção da disciplina de Sociologia como obrigatória na Educação Básica, com a Lei nº 11.684/08. Por meio de uma pesquisa bibliográfica, apresentamos a vida e obra de Florestan, bem como os autores que abordaram a questão do ensino de Sociologia no Brasil. Além disso, analisamos o diálogo existente entre Florestan Fernandes e seus interlocutores sobre a inserção da disciplina de Sociologia na Educação brasileira. Ressaltamos que a militância e atuação política de Florestan Fernandes contribuíram para que os livros didáticos eleitos pelo o Plano Nacional do Livro Didático (PNLD) recebessem influência da sociologia crítica proposta pelo autor. Para melhor entender a atuação política de Florestan Fernandes, analisamos dois livros fundamentais: ―Capitalismo Dependente e Classes Sociais na América Latina‖ e ―A Revolução Burguesa no Brasil‖. Consideramos a análise dessas obras de grande importância para entendermos a influência que elas exerceram nas reflexões sociológicas e na militância de Florestan Fernandes no campo da educação. Apesar de pertencerem a um determinado contexto histórico, a partir da leitura dessas obras, emergem olhares, levantamentos e reflexos atuais para a educação na sociedade contemporânea.
Download
TRAVESTIS E TRANSSEXUAIS NO MERCADO DO SEXO EM TRÊS LAGOAS/MS
Curso Mestrado em Educação
Tipo Dissertação
Data 28/01/2019
Área EDUCAÇÃO
Orientador(es)
  • MARIA JOSÉ DE JESUS ALVES CORDEIRO
Orientando(s)
  • EDIMILSON CARDOSO DA CRUZ
Banca
  • JOSÉ ANTONIO DE SOUZA
  • MARIA JOSÉ DE JESUS ALVES CORDEIRO
  • TIAGO DUQUE
Resumo Nesta dissertação, apresentam-se resultados finais de pesquisa de Mestrado em Educação desenvolvida junto a o Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Paranaíba, na linha de pesquisa
“Currículo, formação docente e diversidade”, vinculada ao Grupo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Educa ção, Gênero, Raça e Etnia GEPEGRE/UEMS, cujo objetivo foi produzir conhecimento sobre os pontos de prostituição das travestis e transexuais TT s da cidade de
Três Lagoas (MS) como mercado de trabalho para essas profissionais do sexo. A partir dos discursos das mesmas e de uma perspectiva de gênero, pude refletir e discutir sobre como essas relações são estabelecidas na rua de prostituição por meio da análise dos discursos das
TT s mais especificamente, investigar a constituição da rua de prostituição junto à s travestis e transexuais em espaços públicos, como as calçadas, os becos e o significado desses espaços como mercado de trabalho. Para isso, optei pela pesquisa etnográfica, qualitativa, considerada um instrumento valoroso a quem deseja conhecer com mais profundidade o cotidiano das TT s nos pontos de prostituição por meio dos relatos de experiências das mesmas, sobretudo no que tange aos espaços da prostituição de rua para a travesti e a transexual em Três Lagoas, os quais são identificados em três pontos da referida cidade, a saber: 1. Posto de Gasolina “Linhão Small”, na BR 262; 2. Rodovia “Ranulpho Marques Leal” (trecho ‘ Auto Posto de Gasolina São Luiz) e 3. Avenida Clodoaldo Garcia. Durante a investigação, foram
entrevistadas vinte travestis e transexuais que trabalham nos pontos de prostituição selecionados. Os dados obtidos foram analisados por meio da técnica de Análise do Discurso e a interpretação com base no referencial teórico com o qual estabeleci reflexão, tais como:
Andrade (2012), Duque (2009), Jesus (2012), Moira (2016), Orlandi (2005), Foucault (1988), Benedetti (2005), Pelúcio (2005), Bento (2011), Louro (2013) entre outros/as. Dentre os resultados alcançados, pude sintetizar: a pesquisa aponta que os discursos nos quais a família,
considerada a primeira instituição à qual essa sujeita constitui confiabilidade, na posição de travestis e transexual feminino dentro de u m contexto de tensão social, representa em grande medida o discurso social, midiático e religioso, ou seja, um discurso com sentido patriarcal,
heterossexual, preconceituoso, opressor e ainda, a escola ocupa o lugar de parceira da família e identifica s e no silenciamento, pois encontra dificuldades para introduzir, debater e defender novas concepções e valores que envolvem as TT s Quanto ao mercado de trabalho, as respostas demonstraram que as TT s buscam a prostituição nas ruas e nos becos, para obtenção de renda e meio de sobrevivência, pois existe um fosso entre a formalidade trazida pela Consolidação das Leis do Trabalho CLT e este segmento social, por causa do preconceito e
discriminação presente s na sociedade, ou seja, falta a regulamentação da prostituição para que essas cidadãs ditas diferentes sejam reconhecidas no seu ofício. Assim, conclui se que as TT s , na quase totalidade, de uma forma sutil ou enfática, expressaram nitidamente o desejo de continuar na profissão escolhida, profissional do sexo, mesmo sendo sabedoras que a rua de prostituição oferece muitos perigos, especialmente a elas.
Download
CURRÍCULO E GÊNERO: UM ESTUDO DO CURRÍCULO DE CIÊNCIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO.
Curso Mestrado em Educação
Tipo Dissertação
Data 25/01/2019
Área EDUCAÇÃO
Orientador(es)
  • LUCÉLIA TAVARES GUIMARÃES
Orientando(s)
  • ADIMARA APARECIDA MARTINS DE SOUZA
Banca
  • CARLOS EDUARDO FRANÇA
  • KARIN ADRIANE HUGO LUCAS
  • LUCÉLIA TAVARES GUIMARÃES
Resumo Nesta dissertação apresenta-se os resultados finais da pesquisa desenvolvida no Mestrado em Educação, junto ao Programa de Pós-graduação da Universidade Estadual do Mato Grosso (UEMS), Unidade Universitária de Paranaíba, na linha de Pesquisa “Currículo, Formação Docente e Diversidade”, as ideologias dominantes escondidas por trás do currículo, bem como as formas de questioná-las, visto que passaram a ser objeto de estudos acadêmicos a partir do século passado. Desse modo, intencionou-se tecer uma análise crítica acerca do currículo no que diz respeito a questão de gênero, especificamente o de Ciências da Natureza do Estado de São Paulo, a fim de verificar se há hegemonia biologizante em tal questão. Para isso, a pesquisa parte de um recorte teórico sobre o currículo, com destaque para os teóricos Gimeno Sacristán, Bobbitt, Apple, Freire e Saffioti na tentativa de conceituar às questões de gênero. Como metodologia utilizou-se a revisão de literatura, abordando também aspectos econômicos e laborais que influenciam as tomadas de decisões sobre o currículo. Dentre os resultados alcançados, salienta-se que há hegemonia biologizante na elaboração do currículo, além do fato da questão de gênero ainda ser tratada de forma velada, mesmo com todos os avanços conquistados pela sociedade nos últimos anos no sentido de tratá-lo como construção social. Dessa forma, inferi-se que a formação acadêmica dos futuros profissionais da educação e os cursos de formação continuada, sejam capazes de gerar debates que conduzam ao tratamento não sexista referente à questão de gênero nas escolas.
Download
AS MARGENS RUIDOSAS DO SILÊNCIO: A AÇÃO EDUCACIONAL DAS SERVAS DE MARIA REPARADORAS EM XAPURI-ACRE (1928-1975)
Curso Mestrado em Educação
Tipo Dissertação
Data 17/12/2018
Área EDUCAÇÃO
Orientador(es)
  • ADEMILSON BATISTA PAES
Orientando(s)
  • WILLIANICE SOARES MAIA
Banca
  • ADEMILSON BATISTA PAES
  • ADRIANA APARECIDA PINTO
  • ESTELA NATALINA MANTOVANI BERTOLETTI
Resumo A presente dissertação de mestrado, vinculada à linha de pesquisa “História, Sociedade e Educação”, do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, teve como objeto de investigação identificar e analisar as fontes documentais das ações educacionais da Congregação Servas de Maria Reparadoras no município de Xapuri /Acre. Este trabalho adotou como corpus os documentos arquivados no Instituto Divina Providência, gerida no período entre 1928 a 1985 pelas Servas de Maria Reparadoras. Esta pesquisa intitulada As Margens Ruidosas do Silêncio: A Ação Educacional das Servas de Maria Reparadoras em Xapuri - acre (1928-1985), pertence ao Programa de Pós-Graduação em Educação, área de concentração em Educação, Linguagem e Sociedade da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Paranaíba, na linha de pesquisa História, Sociedade e Educação, do Grupo de Estudos e Pesquisas em História e Historiografia da Educação Brasileira (GEPHEB). Dentre as fontes documentais, destacamos as que registram a história da fundadora da Congregação das Servas de Maria Reparadoras, Madre Elisa Andreoli e da diretora pioneira do Instituto Divina Providência, Madre Maria Gabriela Nardi. Resgatamos e salientamos a história da Escola Divina Providência por que foi a escola primeira sob a direção das Servas de Maria Reparadoras, com a criação do primeiro Curso Normal, para a formação de professores a nível ginasial e posteriormente a nível médio. Os principais teóricos que embasaram este trabalho foram centrados na história da educação do Brasil, história do Acre, História da educação acreana e história da educação católica no Acre. Dentre estes, podemos citar: Ginelli, Kalume, Margarete Souza, Saviani, Leonardi, Manoel, Furquin, Genio e outros que justifiquem essa pesquisa. A cultura escolar é fundamental na discussão dessa pesquisa, em razão das marcas da Congregação e da cultura da Igreja Católica enraizadas na cultura local xapuriense, tais como as festas natalinas da quaresma e da páscoa, quermesses e outras mais no ambiente escolar. Conhecer a história de um lugar e dos atores que formam esse cenário é importante para contribuir com a história local e da educação do Acre.
Download
CORRELAÇÕES GENÉTICAS E ANÁLISE DE TRILHA EM ACESSOS DE MAMONA
Curso Mestrado em Agronomia
Tipo Dissertação
Data 15/12/2018
Área MANEJO E TRATOS CULTURAIS
Orientador(es)
  • TIAGO ZOZ
Orientando(s)
  • AGNER DE FREITAS ANDRADE
Banca
  • ALAN MARIO ZUFFO
  • EDUARDO PRADI VENDRUSCOLO
  • FÁBIO STEINER
  • TIAGO ZOZ
Resumo O presente trabalho objetivou avaliar os componentes da produtividade de grãos e os caracteres de planta em acessos de mamona e identificar as características que possam ser utilizadas na seleção indireta de genótipos com maior produtividade de grãos. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso com três repetições. Os tratamentos foram compostos por 82 acessos de mamona obtidos por meio de coleta nos estados de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Goiás, Minas Gerais e Paraná e três cultivares comerciais (IAC 2028, IAC Guarani e BRS Energia). Foram avaliadas as seguintes variáveis: número de dias para o florescimento, altura de planta, diâmetro do caule, número de nós por planta, número de racemos por planta, número de grãos por racemo, massa de 100 grãos e produtividade de grãos. Com os dados obtidos foram estimadas as correlações genéticas e os coeficientes de correlação genotípica foram desdobrados em efeitos diretos e indiretos das variáveis independentes (componentes de produtividade e caracteres de planta) sobre a variável dependente (produtividade de grãos). Os genótipos 65 e 92 apresentaram produtividade semelhantes as cultivares comerciais. Verificou-se a existência de variabilidade genética entre os acessos de mamona para todas as características estudadas. O número de nós por planta, o número de grãos por racemo e a massa de 100 grãos apresentaram efeitos diretos positivos sobre a produtividade de grãos.
Download
    ENEM, LIVRO DIDÁTICO E LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL: A QUESTÃO DA LITERATURA
    Curso Mestrado em Educação
    Tipo Dissertação
    Data 14/12/2018
    Área EDUCAÇÃO
    Orientador(es)
    • JOSÉ ANTONIO DE SOUZA
    Orientando(s)
    • LUCAS RODRIGUES OLIVEIRA
    Banca
    • JOSÉ ANTONIO DE SOUZA
    • LUCILO ANTONIO RODRIGUES
    • NARA HIROKO TAKAKI
    Resumo A Literatura, enquanto disciplina do ensino médio, em muitos casos, tem sido resumida ao estudo de períodos literários, contextos históricos, biografia e bibliografia de autores. Esse fato observado é preocupante, pois, uma vez que o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem, criado para ser um instrumento democrático de acesso ao ensino superior, já não aborda as questões de literatura por meio de uma focalização historiográfica, mas sim de modo interdisciplinar em Linguagens, códigos e suas tecnologias, é preciso refletir sobre como o livro didático aborda os conteúdos dessa disciplina – situação que reflete na prática docente – e também como a legislação preconiza esse estudo. Dessa forma, por meio de uma pesquisa de revisão bibliográfica, o objetivo principal desse estudo consiste em verificar o enfoque dado à literatura no Enem – na área de Linguagens, códigos e suas tecnologias - e compará-lo a forma como os livros didáticos abordam essa arte; além disso, nesse mesmo sentido, objetiva-se observar quais são as normativas dos principais textos da legislação sobre a educação brasileira, como: “Orientações Curriculares para o Ensino Médio: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias”, PCNs e Referencial Curricular da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul: Ensino Médio. A pesquisa realizada nessa dissertação contribui para a reflexão acerca do ensino de literatura no ensino médio, a fim de que haja uma busca pela harmonia entre as aulas dessa disciplina, o conteúdo proposto pelos livros didáticos de literatura e as questões da área de Linguagens, códigos e suas tecnologias no Enem. Como conclusão, considera-se que há uma tendência a diminuição do espaço da arte na vida das pessoas, possibilidade essa que é refletida, claramente, no ambiente escolar; por isso, a literatura, na escola, perde, pouco a pouso, seu espaço enquanto arte. Nesse sentido, o Enem contribui de forma palpável para o desaparecimento da literatura, ao não a abordar como arte, na maioria de suas questões.
    Download
    TRABALHO DOCENTE READAPTADO: implicações ao desenvolvimento da consciência à luz da Psicologia Histórico-Cultural
    Curso Mestrado em Educação
    Tipo Dissertação
    Data 13/12/2018
    Área EDUCAÇÃO
    Orientador(es)
    • MARIA SILVIA ROSA SANTANA
    Orientando(s)
    • CRISLEINE DA SILVA CRISPIN
    Banca
    • LUCÉLIA TAVARES GUIMARÃES
    • MARIA SILVIA ROSA SANTANA
    • MARILDA GONÇALVES DIAS FACCI
    Resumo Nesta dissertação, apresentam-se resultados finais de pesquisa de Mestrado em Educação desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Paraíba, na linha de pesquisa Currículo, formação docente e diversidade, vinculada ao Grupo de Estudos e Pesquisas em Práxis Educacional. Esta pesquisa tem como objetivo, investigar a relação entre a atividade de trabalho readaptado e o desenvolvimento da consciência de professores em contexto de readaptação. Para tanto, realizou-se uma investigação teórico-conceitual e um trabalho de campo em uma escola da rede municipal de ensino do município de Paranaíba, junto às professoras readaptadas, Maria e Joana, sob os pressupostos teórico-metodológicos da Psicologia Histórico-Cultural, fundamentada no Materialismo Histórico-Dialético. O trabalho de campo teve como procedimentos a observação do contexto de desenvolvimento das atividades de trabalho readaptado de Maria e Joana e a entrevista individual com cada uma. Constatou-se que, na atividade de trabalho readaptado, Maria, Joana, e possivelmente grande parte dos/as professores/as readaptados/as, continuam realizando trabalho forçado e alienado, que não lhes dá prazer, pouco lhe humanizam e não lhe emancipam, que se expressam na intensificação da cisão entre sentido pessoal e significado social. Disso depreende-se que, as relações de alienação no trabalho readaptado acarretam no desenvolvimento da estrutura interna da consciência, também alienada, desintegrada, tornando-a limitada e contraditória. Nesse sentido, urge a necessidade de organização dos/as professores/as readaptados/as e não readaptados/as.
    Download
    INTERSECÇÕES ENTRE CURRÍCULO E AVALIAÇÃO EDUCACIONAL NAS LICENCIATURAS EM MATEMÁTICA: um estudo das instituições públicas de Goiás e Mato Grosso do Sul
    Curso Mestrado em Educação
    Tipo Dissertação
    Data 13/12/2018
    Área EDUCAÇÃO
    Orientador(es)
    • ANDREIA NUNES MILITÃO
    Orientando(s)
    • WELCIANNE IRIS DE QUEIROZ
    Banca
    • ANDRÉIA DA CUNHA MALHEIROS SANTANA
    • ANDREIA NUNES MILITÃO
    • LUCÉLIA TAVARES GUIMARÃES
    Resumo A presente pesquisa foi desenvolvida no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, vinculado à Linha de Pesquisa “Currículo, formação docente e diversidade”. Como locus de pesquisa elegemos as licenciaturas em matemática das universidades públicas dos estados de Goiás (UEG e UFG) e de Mato Grosso do Sul (UEMS, UFMS e UFGD). Teve por objetivo precípuo identificar e analisar os conteúdos/disciplinas sobre Avaliação Educacional nas Licenciaturas em Matemática das universidades públicas de Goiás e de Mato Grosso do Sul. Ancora-se na abordagem qualitativa e recorre à pesquisa documental tendo como corpus de análise documentos oficiais e os Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPC) das universidades alvo, coletados nos sites das respectivas universidades. Para melhor compreensão dos campos que se articulam nesta pesquisa, buscou-se apoio teórico em Vasconcellos (1998, 2009), Hoffmann (2005, 2014), Luckesi (2011a, 2011b), Freitas (2009, 2013, 2014, 2016) na área da avaliação. E, na questão da formação de professores, autores como Tardif (2010), Freire (1987, 1996), Gatti (1997, 2010, 2014a, 2014b), Diniz-Pereira (1999, 2007) e Marcelo Garcia (1999). No campo do Currículo, Sacristán (1998, 2013, 2017), Silva (2010), Moreira e Silva (2002). Os dados constituídos foram analisados segundo a técnica da Análise de Conteúdo, proposta por Bardin (2016). As análises dos dados indicaram que os cursos de licenciatura ofertam uma formação incipiente e superficial acerca da avaliação educacional, com uma abordagem limitada ao viés técnico e instrumental, balizada, em sua maioria, pelos aspectos teóricos metodológicos da disciplina de Didática e alijada de uma reflexão mais substancial acerca dos seus processos constitutivos. Concluiu-se até o presente momento que as licenciaturas ou não acompanham as mudanças trazidas por tais avaliações para contexto educacional por resistir a esses modelos ou por não estar em sintonia com a educação básica. Considera-se, portanto, que formar professores para o ato de avaliar reveste-se de um caráter emergencial, pois para dar conta das complexidades avaliativas que se coadunam no universo da sala de aula é preciso reflexão, tributária de uma formação teórica e prática articuladas e permeadas por tempos e espaços específicos durante a formação inicial de professores.
    Download
    O PLANEJAMENTO DO ENSINO DE MATEMÁTICA: considerações a partir da atividade de estudo
    Curso Mestrado em Educação
    Tipo Dissertação
    Data 12/12/2018
    Área EDUCAÇÃO
    Orientador(es)
    • MARIA SILVIA ROSA SANTANA
    Orientando(s)
    • ADRIANA BARBOSA OLIVEIRA MARREGA
    Banca
    • ANDREIA NUNES MILITÃO
    • MARIA SILVIA ROSA SANTANA
    • VANESSA DIAS MORETTI
    Resumo Nesta dissertação, apresentam-se resultados finais de pesquisa de Mestrado em Educação desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Paranaíba, na linha de pesquisa “Currículo, formação docente e diversidade”, vinculada ao “Grupo de Estudos e Pesquisas em Práxis Educacional - GEPPE”. Com objetivo de verificar em que medida a promoção de estudos pautados na abordagem teórica do enfoque Histórico-Cultural e sobre o Ensino de Matemática, com um grupo de professores dos anos iniciais de escolarização, pode promover a reflexão acerca de um bom planejamento de aula para o ensino de conteúdos matemáticos para esta etapa, partiu-se do seguinte problema de pesquisa: como a organização das atividades de ensino – Planejamento – pode se tornar uma ferramenta para o professor na organização de uma prática docente que contemple uma intencionalidade, tanto no ensino dos conceitos matemáticos nos anos iniciais quanto, e principalmente, no reflexo desse ensino para o desenvolvimento psíquico dos alunos. Optou-se pela metodologia da pesquisa teórico-conceitual e de campo, sustentada pelo método materialista dialético, mediante os seguintes procedimentos: revisão bibliográfica em autores clássicos da abordagem teórica, levantamento de dados a partir de questionário semiestruturado e uma proposta do experimento didático formativo a partir de um grupo de estudos, cujas falas foram gravadas e transcritas. Dentre os resultados alcançados pode-se sintetizar a evidência da necessidade de (re)organização do ensino de Matemática, nos processos de formação – inicial e continuada – que possibilite aos professores se apropriarem, pela lógica dialética, dos conhecimentos específicos da Matemática, a fim de que possam (re)organizar também suas práticas pedagógicas. Destaca-se a importância do professor se encontrar em atividade de ensino, para que possa de fato elaborar uma prática pedagógica, oposta às formas de pensamento que o ensino tem proporcionado aos alunos. Desta forma, para oferecer aos alunos um ensino no qual o conhecimento científico referente aos conteúdos matemáticos promova uma aprendizagem que supere os limites sociais impostos ao desenvolvimento humanizador, a atividade do trabalho do professor deve estar alicerçada na consciência sobre o papel social da escola para a promoção das máximas possibilidades de desenvolvimento psíquico e humano de seus alunos. Assim, conclui-se que há a necessidade de se repensar o planejamento do ensino, tendo como base uma teoria que dialoga com o próprio desenvolvimento humano do professor, como forma de transformação da educação. E, a partir deste embasamento, apresentar contribuições e subsídios para uma nova cultura escolar.
    Download
    A PRÁTICA DA CAPOEIRA COMO COMPONENTE DA CULTURA AFRO BRASILEIRA NO CURRÍCULO DO ENSINO FUNDAMENTAL I, NA ESCOLA PÚBLICA EM ILHA SOLTEIRA/SP
    Curso Mestrado em Educação
    Tipo Dissertação
    Data 10/12/2018
    Área EDUCAÇÃO
    Orientador(es)
    • MARIA JOSÉ DE JESUS ALVES CORDEIRO
    Orientando(s)
    • ANDRÉ PREVITAL DE SOUZA
    Banca
    • HARRYSON JÚNIO LESSA GONÇALVES
    • JOSÉ ANTONIO DE SOUZA
    • MARIA JOSÉ DE JESUS ALVES CORDEIRO
    Resumo Nesta dissertação, apresentam-se resultados finais da pesquisa de Mestrado em Educação desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Paranaíba, na linha de pesquisa “Currículo, Formação Docente e Diversidade”. A pesquisa tem como objetivo verificar junto aos professores/as e educandos/as, se como parte do currículo dos anos iniciais do Ensino Fundamental a prática da capoeira agrega conhecimentos e valores culturais capazes de contribuir com o Ensino da História e das Culturas Afro-Brasileira e Indígena. A pesquisa tem como ponto de partida o aumento dos atos discriminatórios e de preconceitos em ambientes escolares e extraescolares em relação aos/as negros/as. Dessa forma, propõe-se refletir se a metodologia, os conteúdos e recursos didáticos usados têm sido suficientes para a construção significativa e duradoura do processo de ensino e aprendizagem das Culturas Afro-Brasileira e Indígena, conforme preconizam a Lei 9394/96 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional; a Lei 10.639/2003 e a Lei 11.645/2008. Os preceitos dessas legislações trouxeram para a Educação Nacional desafios com o intuito de eliminar estigmas de superioridade da raça branca em relação à raça negra e à indígena, dar visibilidade, divulgar e produzir conhecimentos, atitudes, posturas e valores que (re)eduquem cidadãos/ãs quanto à pluralidade étnico-racial. Para tanto, optou-se pela metodologia de pesquisa qualitativa, do tipo etnográfica, de natureza aplicada, que concilia exploração, descrição e explicação, com o uso de legislações voltadas ao campo educacional, referenciais bibliográficos e documentais. Os procedimentos para a realização desta pesquisa foram o acompanhamento e a observação das aulas práticas de capoeira; apresentação e aplicação de questionários semiestruturados para os/as alunos/as e para os/as professores/as Polivalentes e professores/as de Educação Física de uma instituição escolar pública dos anos iniciais do Ensino Fundamental, no município de Ilha Solteira/SP. Por fim, os dados obtidos com os questionários semiestruturados foram analisados por meio da técnica da Análise de Conteúdo com o objetivo de validar os resultados obtidos, em uma perspectiva capaz de abranger aspectos sociais e culturais do grupo pesquisado. Como resultado, verificou-se que a prática da capoeira como componente curricular contribui na agregação de valores culturais, mudanças de comportamentos sociais escolares, e, portanto, a redução de atos de racismo, discriminação e preconceito contra os/as negros/as. Ademais, os apuramentos dos dados apresentados na pesquisa mostram que há baixa adesão de alunos/as na disciplina de capoeira e escassez de momentos de comunicação entre os/as professores/as Polivalentes e professores/as de Educação Física, bem como a necessidade de formação permanente voltada para a Educação das Relações Étnico-Raciais.
    Download
    Perfil Epistemológico Coletivo e o Imaginário sobre o Conceito de Radiação
    Curso Mestrado em Educação Científica e Matemática
    Tipo Dissertação
    Data 10/12/2018
    Área ENSINO
    Orientador(es)
    • SERGIO CHOITI YAMAZAKI
    Orientando(s)
    • FLAVIA ALMEIDA SILVA
    Banca
    • Bruno dos Santos Simões
    • FERNANDO CÉSAR FERREIRA
    • SERGIO CHOITI YAMAZAKI
    Resumo
    Download
      Do presbitério ao terreiro: infância, escolarização, docência e religiosidade no Noroeste Paulista.
      Curso Mestrado em Educação
      Tipo Dissertação
      Data 10/12/2018
      Área EDUCAÇÃO
      Orientador(es)
      • ADEMILSON BATISTA PAES
      Orientando(s)
      • ARIANE CRISTINA XAVIER
      Banca
      • ADEMILSON BATISTA PAES
      • MAGDA CARMELITA SARAT OLIVEIRA
      • MARIA JOSÉ DE JESUS ALVES CORDEIRO
      Resumo O presente trabalho, elaborado como exigência para obtenção do título de Mestre em Educação do Programa de Pós-graduação Stricto sensu da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Paranaíba, faz parte da Linha de Pesquisa História, Educação e Sociedade e subsidiada pelos Grupos de Estudos e Pesquisas em História e Historiografia da Educação Brasileira, bem como grupo de Gênero e Diversidade. Reconhecendo a relevância de estudos que abordem temas como diversidade, gênero e raça, pois, encontram em voga no país, embora pesquisadores inseridos nesse campo, afirmem que eles tenham chegado por aqui tardiamente – ao contrário do que ocorreu na Europa, por exemplo - acompanhando o processo de redemocratização ocorrido em meados dos anos de 1990. A despeito dessa avaliação há que se considerar que o momento é extremamente oportuno e talvez único no que diz respeito ao âmbito da pós-graduação brasileira. Em levantamento da produção recentemente realizado apurou-se que tais temáticas estão presentes em programas da educação, história, sociologia, psicologia, letras entre outras. Para o presente trabalho, pretende-se estabelecer uma argumentação salientando a proficuidade da História Oral (HO), enquanto método ou metodologia de pesquisa para abordagem e resgate da trajetória de um sujeito singular, cuja existência pode contribuir para a compreensão de aspectos culturais presentes das relações com outros indivíduos, seja na escola, na família, no trabalho ou noutros meios sociais. Assim, são destacadas partes da infância e da escolarização de um docente negro, gay e Pai de Santo, morador de um município do noroeste paulista, salientando aspectos da construção de sua identidade e de suas perspectivas para uma educação multiculturalista que não só aceite o diferente, mas que o respeite e contemple sua cultura como parte da própria história. A pesquisa realizada favorece diversas reflexões acerca de momentos de regulação da orientação sexual e doutrina religiosa, bem como de momentos de enfrentamento da exclusão social, assim sendo, tais análises remetem-se ao fortalecimento da formação subjetiva da identidade construída.
      Download
      HISTÓRIAS E MEMÓRIAS DA EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE ITAQUIRAÍ (1970 – 1980)
      Curso Mestrado em Ensino de História - ProfHistória
      Tipo Dissertação
      Data 29/11/2018
      Área HISTÓRIA
      Orientador(es)
      • GLAUCIA TAHIS DA SILVA CAMPOS PECLAT
      Orientando(s)
      • JULIO CESAR SARZI
      Banca
      • ALEXANDRE PIEREZAN
      • GLAUCIA TAHIS DA SILVA CAMPOS PECLAT
      • MARINETE APARECIDA ZACHARIAS RODRIGUES
      Resumo Este trabalho analisa como se deu o processo de emancipação política de Itaquiraí em relação ao município de Iguatemi, no início da década de 1980, a partir de narrativas de memória e como esse processo está diretamente ligado às transformações nas relações de poder político desencadeadas com a criação do estado de Mato Grosso do Sul, no final dos anos de 1970. Como forma de contextualizar o objeto de pesquisa, foi necessária a análise de diversos elementos importantes relacionados à história do Mato Grosso Uno, levando em consideração episódios considerados relevantes em meados do século XIX, até o final da década de 1970 quando aconteceu a separação entre as porções norte e sul do estado de Mato Grosso. O processo de emancipação política de Itaquiraí em relação ao município de Iguatemi privilegiou a análise de diferentes narrativas orais, por meio de entrevistas e das memórias escritas. Observamos a existência de memórias referentes ao episódio político abordado, da mesma forma que também se tornaram evidentes vários silenciamentos em Itaquiraí que se deram a partir da consolidação de determinadas memórias coletivas, o que se evidenciou metodologicamente através da História Oral. O exercício de pesquisa desenvolvido também tem como objetivo propor a aplicabilidade das ideias abordadas ao longo da dissertação nos trabalhos desenvolvidos dentro do Ensino de História para a Educação Básica ao tratar de diversas temáticas importantes aos estudos de História de Mato Grosso do Sul e de História de Itaquiraí através da proposição de abordagens diferenciadas e da discussão de conceitos importantes para o Ensino de História.

      Download
      Disciplina Inglês no Estado de São Paulo (2007 - 2010): um estudo de documentos curriculares
      Curso Mestrado em Educação
      Tipo Dissertação
      Data 27/11/2018
      Área EDUCAÇÃO
      Orientador(es)
      • ESTELA NATALINA MANTOVANI BERTOLETTI
      Orientando(s)
      • JOANA DARK IZAIAS RAMOS
      Banca
      • ESTELA NATALINA MANTOVANI BERTOLETTI
      • FABRÍCIO TETSUYA PARREIRA ONO
      • JOSÉ ANTONIO DE SOUZA
      Resumo Nesta pesquisa, apresentam-se os resultados finais de pesquisa de Mestrado em Educação desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Paranaíba, na linha de pesquisa “Linguagem, Educação e Cultura”, vinculada ao Grupo de Estudos e Pesquisas em História e Historiografia da Educação Brasileira, com objetivo geral de contribuir para o campo da história das disciplinas escolares, mediante análise da Proposta Curricular (2008), Revista São Paulo Faz Escola (2008), Cadernos do Professor de Inglês (2009) do nono ano do Ensino Fundamental e terceira série do Ensino Médio e Currículo Oficial do Estado de São Paulo (2010), considerando o processo de implementação entre os anos 2007 e 2010. Para tanto, traçou-se os seguintes objetivos específicos: reconstituir o movimento de implantação do Currículo Oficial do Estado de São Paulo (2010); compreender a concepção de professor de Inglês pressuposta no Currículo Oficial do Estado de São Paulo; analisar a presença da disciplina Inglês nas escolas públicas paulistas no período compreendido por essa pesquisa, optou-se pela metodologia bibliográfica e documental de caráter histórico, mediante os procedimentos de recuperação, reunião, seleção e análise de fontes documentais, que dão suporte ao desenvolvimento desta pesquisa. Dentre os resultados alcançados, pode-se sintetizar que: existe ainda pouca participação das equipes escolares no processo de mudança curricular; a disciplina Inglês conta com certo desprestígio no Currículo de São Paulo; são grandes os desafios dos professores quanto ao ensino de Inglês. Assim, conclui-se que esta pesquisa contribui para a constituição da história da disciplina Inglês e para o avanço dos debates no campo da história das disciplinas escolares.
      Download
      Página 27 de 32 (20 de 632 registros).